Febre

O QUE É FEBE

A febre é definida como um aumento da temperatura do corpo acima da temperatura considerada normal. A temperatura normal do organismo oscila entre 36,5 e 37,2 ºC.

Podemos considerar febre qualquer temperatura acima de 37,3 ºC.

A febre pode, ainda ser dividida em:

  • baixa (37,3 a 37,7 ºC);
  • moderada (37,8 a 39,4 ºC);
  • alta (acima de 39,5 ºC).

Lembre-se que a febre é um sintoma e não uma doença. Ela corresponde, geralmente, a uma resposta normal do organismo a uma infecção. Na realidade a febre ajuda o organismo a combater a infecção. Na maioria das vezes, a febre infantil é ocasionada por infecções virais, e, em outras, são causadas por infecções bacterianas.

A febre da infecção viral costuma durar cerca de 2 a 3 dias. O grau de febre (baixa, moderada ou alta) não está relacionado à gravidade, o que importa é o estado geral da criança.

Geralmente, recomenda-se o uso de medicação apenas quando a temperatura excede 37,8° C.

Em crianças com história de convulsão, febril ou de qualquer outra causa, geralmente devem receber medicamento antitérmico quando a temperatura está maior ou igual a 37,5° C.

Além da medicação para redução da temperatura, recomenda-se hidratar bem toda criança com febre, independente da causa, evitando, assim a desidratação. Lembre-se que o aumento da temperatura leva a um aumento das perdas de água pelo organismo.

Que medicação devo utilizar?

Deve-se dar preferência pela medicação que o pediatra da criança recomenda.

Em caso de dúvida, entre em contato com o médico.

Quais são os medicamentos disponíveis no mercado para tratamento da febre infantil?

Atualmente, podem-se utilizar as seguintes medicações no tratamento da febre infantil:

  • IBUPOFENO
  • DIPIONA
  • AAS
  • PAACETAMOL

Em caso de dúvida, entre em contato com o médico.

Conheça Dalsy (Ibuprofeno)

Pergunte ao seu pediatra quais as indicações e restrições ao uso de cada uma delas. Siga as orientações dele.

NUNCA UTILIZE NENHUMA MEDICAÇÃO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. LEMBE-SE SEMPE:

A PESISTITEM OS SINTOMAS O MÉDICO DEVEÁ SE CONSULTADO

O que posso fazer se a febre é muito alta e não está respondendo à medicação administrada?

Em primeiro lugar, toda vez que houver episódio de febre alta (acima de 39,5 ºC), principalmente em criança abaixo de 2 anos de idade ou naquelas que já apresentaram episódios anteriores de convulsão, deve-se entrar em contato com o pediatra.

Banhos com água morna, ou compressas frias podem ajudar no controle da temperatura através da perda de calor pela evaporação da água, durante aquele período logo após a administração do medicamento. Lembre-se que todo medicamento demora um certo tempo para começar a agir. Caso a criança tenha tremores ou calafrios durante o banho (o que pode ocorrer normalmente durante a febre), aumente a temperatura da água. Se ela continuar com os tremores ou calafrios após aumento da temperatura, suspenda o banho para maior conforto da criança.

As compressas ou toalhas com água podem ser aplicadas em áreas de maior circulação sangüínea, como as têmporas e axilas. No entanto, estas medidas físicas utilizadas de forma isolada de pouco contribuem no combate à febre.

As pessoas costumam incluir álcool nas compressas ou no banho, mas isso não é indicado, uma vez que há um risco enorme de acidente e queimaduras.

O que devo fazer se a criança vomita logo após a administração do medicamento?

Caso você identifique o medicamento junto ao material expelido no episódio de vômito e caso o tempo entre a administração da medicação e o vômito tenha sido menor de meia hora (30 minutos), deve-se tentar novamente a sua administração.

Caso o vômito ocorra após mais de meia hora (30 minutos) do uso do medicamento, deve-se esperar e observar se ocorre a queda da temperatura.

Episódios de vômitos são comuns nos quadros virais infantis. No entanto, vários episódios seguidos podem levar à desidratação, principalmente nas crianças menores. Se a criança não estiver aceitando líquidos de forma adequada, ou se estiver apresentando muito episódio de vômitos procure orientação médica.

Por quanto tempo devo esperar para que o remédio para febre faça efeito?

Os antitérmicos comuns costumam demorar cerca de meia hora (30 minutos) para iniciarem sua ação.

Em alguns casos, principalmente no combate à febre alta, este período pode ser maior. Se após uma hora a febre não começar a abaixar ou estiver aumentando, deve-se contatar o pediatra.

Quando posso repetir a medicação utilizada?

Os antitérmicos comuns geralmente podem ser repetidos a cada 6 horas.
Mas atenção, cada medicamento tem a sua freqüência certa.
Não se deve intercalar antitérmicos por um período menor do que sua indicação sem orientação médica.

22 thoughts on “Febre

  1. Álcool na pele não diminui febre e é perigoso

    Tratamento é tradicional em comunidades pobres, mas traz riscos.
    Crianças pequenas podem até entrar em coma com aplicação.
    Anahad O’Connor
    Do ‘New York Times’

    A AFIRMAÇÃO
    Esfregar álcool pode ajudar a diminuir a febre.
    OS FATOS
    O álcool pode arder quando colocado sobre cortes e arranhões, mas seus efeitos de resfriamento na pele intacta levaram muitos pais a usá-lo como um remédio caseiro rápido contra febre.
    Segundo um estudo recente na revista médica “Pediatrics”, o tratamento popular parece ser especialmente comum entre pais de comunidades mais pobres, onde essa crença é passada de geração a geração e em alguns casos até recomendada por médicos. Como o álcool, quando esfregado na pele, evapora, causa um alívio como uma brisa fresca, potencialmente reduzindo a temperatura corporal. Muitos pais tentam trazer alívio aos seus filhos com febre esfregando o álcool na pele ou adicionando um pouco da substância em um banho com esponja.
    Mas usar o álcool dessa forma pode causar sérios problemas. O álcool é rapidamente absorvido através da pele, e grandes quantidades aplicadas de forma tópica podem ser inaladas, o que pode levar a intoxicação por álcool e outros problemas. Vários relatos de casos na literatura médica descrevem crianças pequenas que entraram em coma após um responsável ter tentado reduzir a febre com álcool. Outros relatos descrevem casos nos quais adultos sofreram problemas cardíacos e neurológicos após o uso de toalhas ensopadas em álcool para aliviar a dor.
    Para resultados melhores, tente paracetamol puro e simples, pelo menos a partir do primeiro ano de vida, e um banho morno – sem esfregar álcool.
    O VEREDICTO
    Aplicar álcool na pele, um remédio popular para reduzir a febre, pode ter efeitos colaterais muito sérios.

    1. Álcool não é recomendo por todos os fatores a cima citados.Não podendo esquecer também da intoxicação( cheiro do álcool)para um adulto pode ser até sutil,mas para uma criança não é recomendado,a compressa com água é o suficiente!
      Dicas do diretor de pediatria do HCSP.

  2. meu nome é kelly tenho 13 anos vou fazer 14 daqui a 1 mes ,quero peder a virgindade com meu namorado pois ele é o unico que eu tenho coragem ,mais o meu medo é ke a minha mãe descubra,tenho medo dela me levar ao ginecologista e descobrir que ñ sou mais virgem,e eu ñ tenho coragem de comprar a pilula pois ñ kero me expor se minha mãe descobrir o ke eu faço????????????Se ela descobrir ke eu perdi a virgindade ela me mata!!!!!espero logo uma resposta!!!

    1. vai crescer primeiro,deixar seu corpo desenvolver direito e só depois vai pensar nisso isso não é brincadeira pode trazer consequências desagradaveis

  3. Meu neto de 13 anos tem febre de 40 desde segunda feira, já foram feitos vários exames sem nenhum resultadoEle tem febre ha 3 dias. Só baixou c. banho quase frio. Eu pergunto, pode ser emocional???

    1. Depende,não sabemos o que anda passando com a vida particular do seu neto.
      O que seriam vários exames?
      Parece ser uma infecção viral ou bacteriana,mas após a medicação a febre ainda persiste é recomendável a procura de um profissional.

  4. Meu filho de 12  anos estava,e ainda está, com a temperatura de 38ºC e eu dei um comprimido de dipirona para ele já faz quase 1 hora e nada ele ainda continua com febre de 38ºC o que devo fazer agora??

  5. Obs. Estava medicando com dipirona, agora mudei.. estou dando paracetamol, e não abaixa.. só enquanto o remédio está fazendo efeito. O que faço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>